Object reference not set to an instance of an object.

Resultados de busca
Estes são os 15 títulos encontrados com Chico Buarque na ficha_tecnica.
Para ver resultados por outros critérios, refine sua busca usando a ferramenta à direita:
ficha_tecnica (15)
Vídeos que você pode assistir online: trechos de obras ou na íntegra
Trecho disponível
Augusto Boal e o Teatro do Oprimido | 1
Sob direção de Zelito Viana, "Augusto Boal e o Teatro do Oprimido" mostra a trajetória do teatrólogo, idealizador de técnicas comparadas a de grandes teóricos das artes cênicas, como Brecht e Stanislavski.
Trecho disponível
Gilberto Gil - Antologia Volume 1
Documentário biográfico musical que apresenta um panorama da obra de Gilberto Gil por meio de uma grande pesquisa de acervo entre os anos de 1968 e 1987, além de entrevista inédita.
Próxima Exibição:
Segunda-feira, 29/03/2021 às 22:35 [daqui a 72 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio A Matriz Tupi | 1
Sinopse: "Brasil" é palavra que pertence à toponímia utópica dos tempos medievais, designando uma ilha de sonho, terra da felicidade imaginada. O primeiro registro que se conhece do vocábulo está numa carta náutica elaborada em 1325 pelo genovês Angelo Dalorto, ou seja: o nome "Brasil" já comparece em mapas quando ainda faltavam 175 anos para a armada cabralina avistar o Monte Pascoal. Com o tempo, a expressão passou a denominar o território atualmente brasileiro. E os primeiros grupos tribais aqui encontrados, pelos navegadores europeus, foram chamados "brasis". Eram eles, basicamente, grupos do povo tupi, que então dominava quase toda a fachada litorânea dos trópicos brasílicos, estendedo-se aproximadamente do Ceará a São Paulo. O propósito deste primeiro programa da série é apresentar um panorama da formação sociocultural tupinambá-tupiniquim: a organização aldeã, o sistema de crenças, a antropofagia, as práticas agrícolas, as guerras e festas, os conhecimentos astronômicos, a trama do parentesco, a vida amorosa e sexual, em suma, mostrar quem eram aqueles canibais que circulavam, com seus mitos e ritos, plos litorais da Terra Brasílica - e que, através da miscigenação e da didática dos trópicos, constituíram, com os lusitanos, a "protocélula" original de nosso povo: a protocélula luso-tupi.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 26/01/2021 às 18:30 [daqui a 10 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio A Matriz Afro | 1
O programa exibe a força, o requinte e a riqueza do conjunto de culturas negroafricanas, que fascinaram as vanguardas estético-intelectuais europeias nas primeiras décadas do século XX.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 9/02/2021 às 18:30 [daqui a 24 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio Brasil Crioulo | 1
Chamamos área cultural crioula a configuração histórico-cultural resultante da implantação da economia açucareira e de seus complementos e anexos na faixa litorânea do Nordeste brasileiro.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 23/02/2021 às 18:30 [daqui a 38 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio Brasil Caipira | 1
Sinopse: Paulistânia. O que hoje costumamos classificar sob o sintagma "cultura caipira" é algo que começa a se esboçar em meio aos mamelucos paulistas dos primeiros séculos coloniais, que moravam em arraiais pobres e rústicos, praticavam a agricultura da "coivara" , falavam a chamada "língua geral", caçavam índios e perseguiam quilombolas. Era uma gente que, embora envolvida pelo espírito mercantil, levava uma vida praticamente tribal, de forma e fundo tupi. E que, a partir da descoberta das nossas jazidas auríferas, espalhou-se de São Paulo a Minas Gerais. Quando os esplendores do ouro mineiro se reduziram a brilhos esporádicos, veio a estagnação - e mesmo a regressão - do Centro-Sul do país. Cultura da pobreza. Ö equilíbrio é alcançado numa variante da cultura brasileira rústica, que se cristaliza como área cultural caipira". É todo um modo de vida que acaba por "esparramar-se, falando afinal a língua portuguesa, por toda a área florestal e campos naturais do Centro-Sul do país, desde São Paulo, Espírito Santo e estado do Rio de Janeiro, na costa, até Minas Gerais e mato Grosso, estendendo-se ainda sobre áreas vizinhas do Paraná" (Darcy Ribeiro). Basicamente "caipira" será, ainda, a cultura do café. E são os atos expressivos dessa área cultural, estereotipada caricaturalmente na figura do "jeca tatu", que constituirão o tema do programa Brasil Caipira.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 9/03/2021 às 18:30 [daqui a 52 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio Brasil Sulino | 1
Sinopse: Aqui, não há como evitar o plural. Impossível falar, a propósito dessa área cultural, da existência de um modo de vida ou de uma visão de mundo. O traço distintivo do Brasil Sulino, no conjunto brasileiro de civilização, é justamente a sua hetereogeneidade. Se a região se distingue da totalidade das demais áreas culturais brasileiras - e já desde o início, pois aqui não se impôs a matriz tupi, e sim a guarani, que está na origem da figura do gaúcho -, a sua diversidade interna é também notável, indo da roda do chimarrão ao bilingüismo de núcleos populacionais ainda presos a matrizes européias. O programa Brasis Sulinos deverá mostrar tal heterogeneidade através da reconstrução da formação histórica e da exibição de desdobramentos atuais das três principais vertentes que compõem o panorama local: a vertente "mauta", de origem principalmente açoriana, dispondo-se no trecho do litoral que segue do Paraná para o sul a vertente "gaúcha", de base ibero-guarani e a "formação gringo-brasileira dos descendentes de imigrantes europeus, que formam uma ilha na zona central" (Darcy), onde ainda é possível encontrar o cultivo de tradições tipicamente européias e o emprego de um que outro idioma estrangeiro como língua doméstica.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 16/03/2021 às 18:30 [daqui a 59 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio A Invenção do Brasil | 1
Sinopse: A fantasia de que a nossa trajetória tem sido fundamentalmente pacífica, marcada pelo relacionamento cordial entre agrupamentos étnicos e entre classes sociais, não resiste ao menor escrutínio histórico. Na verdade, a história da violência nos trópicos brasílicos começa já com os conflitos sangrentos entre aldeias indígenas. Com a chegada dos europeus, as guerras se intensificaram, inclusive com alianças entre franceses e tupiniquins, combatidas por alianças entre lusos e tupinambás. E o fato é que a história do Brasil apresenta inúmeros (e sérios) casos de confrontos armados. Os negros foram o inimigo número um do sistema escravista, ao contrário do que se costuma pensar. Promoveram um rosário de revoltas rurais e insurreições urbanas, através dos séculos de regime escravo. Palmares e as rebeliões dos malês são pontos incandescentes desse espírito de recusa do cativeiro. Mas tivemos também outros gêneros de movimentações armadas, como a Guerra dos Cabanos e a de Canudos, com os seguidores de Antonio Conselheiro enfrentando o exército brasileiro. O programa Invenção do Brasil vai se concentrar, exatamente, nesta dimensão bélica de nossa história.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 30/03/2021 às 18:30 [daqui a 73 dias]
Trecho disponível
O Povo Brasileiro - Episódio Brasil Caboclo | 1
Sinopse: Na área de floresta tropical da bacia amazônica, desenvolveu-se uma cultura de forte base indígena. "Toda a área era ocupada, originalmente, por tribos indígenas de adaptação especializada à floresta tropical. A maioria delas dominava as técnicas de lavoura praticadas pelos grupos Tupi do litoral atlântico, com que se depararam os descobridores. Em algumas várzeas e manchas de terra de excepcional fertilidade e de fácil provimento alimentar, através da caça e da pesca, floresceram culturas indígenas do mais alto nível tecnológico, como as de Marajó e de Tapajós, que podiam manter aldeamentos com alguns milhares de habitantes"(Darcy Ribeiro). Foram esses grupos indígenas que experimentaram a marcha da colonização lusitana, o avanço dos missionários, a disseminação do nheengatu e, ainda, a migração massiva de nordestinos à época do "rubber boom", da explosão dos seringais. E assim foi se forjando na região uma população nova - e se cristalizando uma "variante sociocultural" da sociedade brasileira, com as suas formas e práticas próprias, e a sua religiosidade "fundada no sincretismo da pajelança indígena com um vago culto de santos e datas do calendário religioso católico". É esta Amazônia interétnica, mas fundamentalmente cabocla, com os seus santos e "visagens", suas cidades e seus grupos indígenas sobreviventes, que vamos abordar neste programa da série.
Próxima Exibição:
Terça-feira, 23/03/2021 às 18:30 [daqui a 66 dias]