Valter Hugo Mãe - o Tsunami Linguístico


Disponível no:

Produção: Nilson Rodrigues

Fotografia: Filipe Duque
Gilmar Veloso
João Inácio
Paulino Alvarenga

Roteiro: Nilson Rodrigues
Ronaldo Duque

Edição: Marcelo Sousa

Trilha Sonora Original: Pablo Duque

Empresa(s) produtora(s): Mercado Filmes

Direção de produção: Lucas Tobias
Nilson Rodrigues

Produção Executiva: Lucas Tobias

Montagem: Marcelo Sousa

Entrevistados: Valter Hugo Mãe

Nascido em Angola, Valter Hugo Mãe passou maior parte da sua vida em Portugal. Definido por José Saramago como "Tsunami Linguístico", publicou quatro livros sem nenhuma letra maiúscula - a "tetralogia das minúsculas" -, lançados entre 2004 e 2010. Nesse período, assinava valter hugo mãe - assim mesmo, em minúsculas, em sinal de humildade literária. Seus livros são uma reflexão sobre a linguagem, a memória, a morte, a solidão e, é claro, Portugal. Ganhou prêmios importantes como Saramago (2007) e Portugal Telecom (2012).
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Ciências Humanas, Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte, Sociologia


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

26 min
2016
Brasil
DF
LIVRE

Séries: Impressões do Mundo | 26 Episódios de 25 Minutos

Diretor: Ronaldo Duque

Sinopse: Nascido em Angola, Valter Hugo Mãe passou maior parte da sua vida em Portugal. Definido por José Saramago como "Tsunami Linguístico", publicou quatro livros sem nenhuma letra maiúscula - a "tetralogia das minúsculas" -, lançados entre 2004 e 2010. Nesse período, assinava valter hugo mãe - assim mesmo, em minúsculas, em sinal de humildade literária. Seus livros são uma reflexão sobre a linguagem, a memória, a morte, a solidão e, é claro, Portugal. Ganhou prêmios importantes como Saramago (2007) e Portugal Telecom (2012).

Alugue